Header Ads

Definindo Relativismo Moral

Definindo Relativismo Moral

Como as pessoas definem relativismo moral?

O relativismo moral é definido como a posição de que todos os pontos de vista são igualmente válidos e que toda verdade é relativa ao indivíduo e seu ambiente. Todas as crenças éticas, religiosas, políticas e estéticas são verdades relativas à identidade cultural do indivíduo.

Relativismo pode incluir o relativismo moral (ético é relativo à construção social), o relativismo situacional (certo e errado depende da situação particular), e o relativismo cognitivo (a verdade é relativa e não tem qualquer padrão objetivo).

Definindo relativismo moral - Baseia-se culturalmente

O relativismo moral é a teoria de que a moralidade se baseia culturalmente e, portanto, torna-se uma questão de escolha individual. Quando se trata de padrões de certo e errado, você decide o que é certo para você, e eu decido o que é certo para mim.

O relativismo moral tornou-se progressivamente a filosofia moral prevalecente da sociedade ocidental, uma cultura, uma vez governada em grande parte, pelo conceito judaico-cristão de moralidade. Enquanto os primeiros padrões continuam a formar a base para o direito civil, as pessoas de um modo geral estão abraçando a ideia de que o certo e o errado não são valores absolutos, mas devem ser decididas pelo indivíduo e pode mudar de uma situação ou circunstância para a próxima.

Geralmente, o relativismo moral afirma ser moralmente neutro.

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!