Header Ads

O perigo de misturar princípios seculares com liderança espiritual

O perigo de misturar princípios seculares com liderança espiritual
Entre os pastores, os temas de liderança e influência estão na vanguarda dos avanços ministeriais. Nós compramos livros sobre liderança, assinamos podcasts de liderança, participamos de conferências de liderança, e estudamos com os gurus de liderança. Mesmo não estando tecnicamente liderando, eu também sou um estudante de liderança. Gosto de aprender, eu amo ouvir, eu amo liderar. Eu, pessoalmente, acredito que cada pastor deve abraçar a sua vocação de liderança e constantemente procurar melhorar suas habilidades e dons dados por Deus.

No entanto, devemos estar conscientes do tipo de ferro que usamos para afiar a nossa lâmina. Podemos aprender muito com o mundo secular e os seus estudos e práticas de liderança, mas a última coisa que a igreja precisa é de requentadas teorias de negócios decoradas com linguagem cristã. A venda de produtos, motivar as pessoas a autoafirmação, e a criação de uma marca pode funcionar nas sessões de treinamento secular, mas Deus não nos chamou a tais táticas insidiosas. Nós somos sal e luz; por conseguinte, a nossa liderança, a nossa influência deve ser espiritual, ela deve ser diferente.

Eu não questiono os motivos de líderes que buscam desenvolver suas habilidades e estilo; mas vejo os perigos de nos padronizar de acordo com o CEO secular, palestrantes motivacionais, e autores de best-sellers. Além disso, tentar construir um ministério ou igreja em princípios seculares é contraproducente para o Reino.

Então, qual é a verdadeira chave para a influência espiritual? Observe que eu disse, influência "espiritual". A maior diferença entre influência e influência espiritual é a direção. A influência espiritual sempre direciona os outros em direção a Deus e à Sua Palavra. Com a influência, você pode incutir traços de personalidade, estilos de comunicação ou habilidades administrativas; mas com a influência "espiritual" você faz discípulos parecidos com Cristo, não com você. Influência espiritual é guiar as pessoas a Deus e Sua vontade para as suas vidas.

E isso é o que as pessoas realmente querem. Ninguém realmente quer segui-lo por si só. Eles realmente não querem. Eles querem saber que, seguindo você, eles estão realmente seguindo um princípio superior, uma verdade transcendente. Em liderança espiritual, as pessoas querem saber se elas estão sendo conduzidas e influenciadas por Deus. Portanto, a verdadeira questão não é: você está conduzindo os outros? A pergunta é: Você está conduzindo outros a seguir a Cristo? Somente a influência espiritual pode garantir uma causa tão nobre.

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!