Header Ads

3 coisas que todos os cristãos devem aprender com Pokémon Go

3 coisas que todos os cristãos devem aprender com Pokémon Go
Eu não posso acreditar que eu realmente estou escrevendo este artigo, mas seria uma enorme falta não escrever algo que tire proveito do mais recente fenômeno social do nosso mundo.

Todos, realmente todo mundo está falando sobre isso, ou lendo sobre o Pokémon Go! O novo jogo de realidade aumentada é um grande sucesso. Os gênios por trás do Pokémon conseguiram de novo, criando um novo aplicativo, onde pessoas de todo o mundo podem capturar Pokémons usando a localização geográfica e a tecnologia de mapeamento que transforma o mundo cotidiano em um mundo de Pokémons.

Enquanto a emoção deste jogo continua a crescer rapidamente, não pude deixar de notar algumas coisas realmente cruciais que todos os cristãos poderiam se beneficiar se fossem implementadas em nossas caminhadas com Deus. Sério! Eu não estou inventando isso! Basta dar-me alguns momentos de seu tempo para mostrar-lhe 3 coisas que todos os cristãos devem aprender com Pokémon Go.

1. Ir para as ruas.

Ao longo dos anos tenho escrito muito sobre o tema da igreja e o que significa ser o corpo de Cristo, e eu acredito que nós, como cristãos gastamos tempo demais dentro de nossos templos. Não é que eu acredito que edifícios de igrejas são errados ou não-bíblicos, eu só acho que passamos tempo demais tentando convencer as pessoas a vir para dentro das nossas quatro paredes em vez de sair fora de nossas zonas de conforto e ministrar às pessoas da maneira que Jesus fez; ir até elas.

Pokémon GO tem levado as pessoas a saírem de casa em um nível totalmente novo. Por quê? Porque o jogo força as pessoas a sair as ruas e andar, tudo a fim de encontrar um novo e raro Pokémon. Eu não posso acreditar que eu estou escrevendo este post, mas faz muito sentido se você pensar realmente sobre ele.

Nós, como cristãos devemos aprender a sair fora do conforto dos nossos edifícios, deixar as nossas preferências em casa e começar a alcançar todas as nações e passar tempo sobre as nossas cidades e espaços comunitários. Isso é o que significa ser um cristão. Apropriar-se da Grande Comissão, indo ao encontro do povo, não esperando que elas venham até nós. Isso não quer dizer que muitos cristãos não estão fazendo isso de alguma forma ou de outra, mas eu acredito que há espaço para melhorias. Sempre há.

2. Questões comunitárias.

Se você pesquisar Pokémon Go em qualquer plataforma de mídia social, você verá que as pessoas de todo o mundo estão se unindo para discutir o jogo e seus aspectos únicos de jogo. Eles estão criando comunidades, discutindo estratégias, e conhecendo pessoas em um nível pessoal, como nunca encontrado antes. Por mais louco que possa parecer, este jogo trouxe muitas pessoas para fora de suas zonas de conforto, encorajando-os a encontrar-se com outros jogadores em suas cidades.

É extraordinário se você pensar. Então, muitas vezes culpamos tecnologia por tornar as pessoas antissociais, mas este jogo tem incentivado as pessoas a fazer exatamente o oposto. É refrescante ver um aplicativo que está perturbando a norma em grande escala.

Quando se trata de vida cristã, devemos entender que a união com outros crentes é fundamental para o nosso crescimento espiritual e maturidade. Quer se trate de um encontro para um café, pequenos grupos ou mesmo eventos mensais, viver a vida juntos é uma parte importante de crescer juntos, como o corpo de Cristo.

3. Abraçar novas tecnologias.

Por alguma razão, os cristãos sempre foram conhecidos por serem ignorantes e atrasados quando se trata de adoção de novas tecnologias e maneiras de fazer as coisas no que se refere à igreja e evangelismo todos os dias. E enquanto eu acredito que essa realidade mudou drasticamente ao longo dos últimos dez anos, espero que os líderes cristãos testemunhando o fenômeno que tem se tornado o Pokémon GO percebam ainda mais a importância de abraçar novas tecnologias e a necessidade de estar à procura de novas maneiras de alcançar mais pessoas para Cristo.

Nenhum comentário:

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!