A Integridade Adora O Deus Verdadeiro

A Integridade Adora O Deus Verdadeiro
“O rei Nabucodonosor fez uma estátua de ouro, a altura da qual era de sessenta côvados, e a sua largura de seis côvados; levantou-a no campo de Dura, na província de Babilônia. Então o rei Nabucodonosor mandou ajuntar os sátrapas, os prefeitos, os governadores, os conselheiros, os tesoureiros, os juízes, os magistrados, e todos os oficiais das províncias, para que viessem à dedicação da estátua que ele fizera levantar. Então se ajuntaram os sátrapas, os prefeitos, os governadores, os conselheiros, os tesoureiros, os juízes, os magistrados, e todos os oficiais das províncias, para a dedicação da estátua que o rei Nabucodonosor fizera levantar; e estavam todos em pé diante da imagem” (Daniel 3:1-3).

As pessoas são incuravelmente religiosas e adorarão o Deus verdadeiro ou um substituto falso.

$ads={1}

As escrituras ensinam que um homem de ânimo dobre é "inconstante em todos os seus caminhos" (Tiago 1:8). Isso certamente aconteceu com o rei Nabucodonosor, que logo depois de declarar que o Deus de Daniel é "Deus dos deuses, e o Senhor dos reis" (Daniel 2:47), ergueu uma enorme imagem de si mesmo e reuniu todos os seus líderes para sua dedicação.

A imagem tinha sessenta côvados de altura e provavelmente foi construída de madeira coberta de ouro. Como o campo de Dura era plano, a estátua era visível por uma grande distância. O ídolo de ouro era uma visão magnífica, pois refletia a luz do sol daquela região.

O plano do rei era fazer com que todos os seus líderes se curvassem diante da imagem, trazendo glória para si mesmo, verificando sua lealdade e unificando a nação sob uma religião. Mas ele logo descobriu que três jovens com integridade espiritual nunca abandonariam a adoração ao Deus verdadeiro, independentemente das consequências.

Adorar o Deus verdadeiro ou um substituto falso é a escolha que todos devem fazer. Infelizmente, milhões de pessoas que não pensariam em se curvar a uma imagem tangível adoram deuses inúteis de sua própria imaginação. Até os cristãos podem ser atraídos para o amor próprio e a cobiça, que são formas de idolatria (Colossenses 3:5). É por isso que você deve sempre proteger seu coração diligentemente.

Agradeça ao Senhor pelo privilégio de conhecer e adorar o Deus verdadeiro.

De acordo com Romanos 1:18-32, quais são as consequências espirituais e morais da idolatria?

Postagem Anterior Próxima Postagem