A Integridade Desfruta Dos Recursos Divinos

A Integridade Desfruta Dos Recursos Divinos
“Depois se foram à presença do rei e lhe perguntaram no tocante ao interdito real: Porventura não assinaste um interdito pelo qual todo homem que fizesse uma petição a qualquer deus, ou a qualquer homem por espaço de trinta dias, exceto a ti, ó rei, fosse lançado na cova dos leões? Respondeu o rei, e disse: Esta palavra é certa, conforme a lei dos medos e dos persas, que não se pode revogar. Então responderam ao rei, dizendo-lhe Esse Daniel, que é dos exilados de Judá, e não tem feito caso de ti, ó rei, nem do interdito que assinaste; antes três vezes por dia faz a sua oração. Ouvindo então o rei a notícia, ficou muito penalizado, e a favor de Daniel propôs dentro do seu coração livrá-lo; e até o pôr do sol trabalhou para o salvar. Nisso aqueles homens foram juntos ao rei, e lhe disseram: Sabe, ó rei, que é lei dos medos e persas que nenhum interdito ou decreto que o rei estabelecer, se pode mudar. Então o rei deu ordem, e trouxeram Daniel, e o lançaram na cova dos leões. Ora, disse o rei a Daniel: O teu Deus, a quem tu continuamente serves, ele te livrará. E uma pedra foi trazida e posta sobre a boca da cova; e o rei a selou com o seu anel e com o anel dos seus grandes, para que no tocante a Daniel nada se mudasse” (Daniel 6:12-17).

Quando os recursos humanos se esgotam, Deus começa a agir.

$ads={1}

A tinta mal secara no decreto de Dario quando os inimigos de Daniel reapareceram para acusá-lo de desconsiderar a ordem. Só então Dario percebeu as graves consequências de suas ações.

Em sua profunda angústia, o rei esgotou todos os esforços legais para salvar Daniel, mas sem sucesso. Mesmo ele não podia revogar a sentença de morte que inadvertidamente havia posto sobre seu servo leal e confiável. Em sua tristeza e humildade, ele confessou que o próprio Deus libertaria Daniel. Ele estava certo!

Pelo que você está orando que somente Deus pode fazer, para que, quando Ele fizer, somente Ele receba a glória?

Leia 2 Coríntios 12:9-10. Qual foi a atitude do apóstolo Paulo em relação a suas próprias fraquezas?

Postagem Anterior Próxima Postagem