Questões Sociais (Parte 4): Papéis de Gênero

Questões Sociais (Parte 4): Papéis de Gênero
Os papéis de gênero são sobre as responsabilidades que os homens têm como homens e mulheres como mulheres. A maioria das instruções da Bíblia não é específica ao gênero - elas se aplicam a todas as pessoas. Mas há alguns que se aplicam especificamente a homens ou mulheres.
$ads={1}
Muitos argumentam que não existem papéis específicos de gênero. Eles alegam que não deve haver diferença entre o que um homem pode fazer e o que uma mulher pode fazer. No extremo desta questão está a "ideologia feminista". Além de confundir / mudar os papéis de gênero, a ideologia feminista também abraça o aborto, o lesbianismo e a hostilidade em relação aos homens (para incluir a suposição de culpa toda vez que um homem é acusado por uma mulher de agressão sexual).

Fatos e Estatísticas

As mulheres representam aproximadamente 48,5% da força de global. Isso reflete uma expectativa geral na sociedade de que uma mulher deve fazer o que um homem faz.

O número de "pais que ficam em casa" mais que dobrou de 2001 a 2016. Segundo dados do IBGE, uma em cada quatro casas já é sustentada pela mulher.

O número de “mulheres do clero” nos Estados Unidos aumentou de 2,3% em 1960 para 20,7% em 2017.

Anedoticamente, notei nos meus escritos que um dos tópicos que recebe mais críticas - mesmo dos irmãos cristãos - é a diferença entre os papéis de homens e mulheres.

Princípios Básicos da Bíblia Relacionados a Isso

Deus criou homem e mulher para se complementarem - Depois de criar o primeiro homem, Deus disse: “Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea” (Gênesis 2:18). Então Ele criou a mulher (Gênesis 2:21-22) porque o homem era incompleto sem ela.

Os homens devem ser os provedores e protetores - Deus deu ao homem o papel de trabalhar por sua comida (Gênesis 3:17-19). Como maridos devem “amar [suas] esposas, assim como Cristo também amou a igreja”, devem nutri-las e apreciá-las “como Cristo também ama a igreja” (Efésios 5: 25-29). Paulo usou uma linguagem forte para enfatizar a necessidade de os homens trabalharem para prover suas famílias: “Mas, se alguém não cuida dos seus, e especialmente dos da sua família, tem negado a fé, e é pior que um incrédulo” (1 Timóteo 5:8).

As mulheres devem ser ajudadoras e cuidadoras - Como sua “ajudadora” (Gênesis 2:18), Eva deveria oferecer apoio e fazer com que seu “desejo seja para seu marido” (Gênesis 3:16). A “excelente esposa” é descrita em detalhes no final do livro de Provérbios, diligentemente empenhada no trabalho de apoiar o marido e a família (Provérbios 31:10-31). Paulo explicou que as mulheres novas deveriam ser ensinadas a “amarem aos seus maridos e filhos, a serem moderadas, castas, operosas donas de casa, bondosas, submissas a seus maridos, para que a palavra de Deus não seja blasfemada” (Tito 2:4-5).

Homens e mulheres têm papéis diferentes no lar, na igreja e na sociedade - No lar, as esposas devem se submeter aos maridos (Efésios 5:22-24). Na igreja, as mulheres não devem “ensinar ou exercer autoridade sobre um homem” (1 Timóteo 2:12; 1 Coríntios 14:34). Mesmo na sociedade, o sábio indicou que o marido da “mulher virtuosa” (Provérbios 31:10) era “conhecido nos portões, quando ele se sentava entre os anciãos da terra” (Provérbios 31:23), indicativo da fato de ele estar em uma posição pública de liderança entre o povo.

Apesar dos diferentes papéis, homens e mulheres são iguais - É importante ressaltar. Muitos acreditam que, porque a Bíblia descreve papéis distintos para homens e mulheres, deve estar ensinando que as mulheres são inferiores, uma vez que os homens recebem o papel de chefia. No entanto, Paulo deixou claro que, apesar dos diferentes papéis, homens e mulheres são iguais em Cristo: “... não há homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus” (Gálatas 3:28). Assim como “Deus é a cabeça de Cristo” (1 Coríntios 11:3), mas eles são “iguais” um ao outro (João 5:18), também “o homem é a cabeça da mulher” (1 Coríntios 11:3 ) ainda são iguais.
$ads={2}

Conclusão

Muitos em nossa sociedade querem acreditar que não há diferença entre homens e mulheres em relação a seus papéis e responsabilidades; contudo, a Bíblia nos mostra que, embora homens e mulheres sejam iguais, Deus deu papéis diferentes a cada um.
Postagem Anterior Próxima Postagem